I am Mr. Dan!

03/01/2012 — 1 Comentário

Sempre brinquei com esse trocadilho da sonoridade da palavra Amsterdam com a frase “I’m Mr. Dan”, ou em português “Eu sou o Sr. Dan”. Eu sei que é bobagem, mas eu me divirto. Ok, vamos ao que importa!

Fui escalado para fazer um vôo à Hamburgo, na Alemanha, no dia 23 de dezembro. Porém uns amigos mandaram e-mail dizendo que estariam em Amsterdam para o natal e que seria muito bacana se eu conseguisse ir também. Consegui trocar o vôo, e lá fui eu à Amsterdam.

Encontrei com eles em frente ao museu do Van Gogh. O museu é fantástico, porém eu não faço ideia de como é por dentro, eu vi pelo site, ou você acho que este seria um post pseudo-intelectual? Se quiser saber como é o museu, entre no site e veja. O museu foi nosso ponto de encontro, pois eu queria tirar uma foto de turista em frente ao letreiro famoso e beber. Eis ela aqui:

Entramos em um dos famosos coffe shop, pois eu precisa ver com meus próprios olhos. Sim, as pessoas sentam pra tomar café ou beber e fumam maconha na sua frente, sem problema algum. Está no cardápio! Eu sei que isso não é novidade, todo mundo fala disso antes mesmo da minha finada avó dançar um vanerão, mas é algo que impressiona. A propósito, a cidade cheira fede a maconha. Eu até acredito que o final da minha noite deu-se a isso, o cheiro é tão forte que eu devia estar chapado. Não, eu não fumei maconha!

Para os mais saídinhos que desejam visitar Amsterdam só para ter o gostinho de fumar maconha na frente dos outros sem pudor, façam isso até final de abril, pois dia 1º de maio começa a valer a lei que será proibida a venda da erva para turistas. Sorry, ficarão só com o cheirinho.

Como queríamos nos acabar com pouco dinheiro compramos um ticket para o Pub Crowl,  da Ultimate Party, que nada mais é do que pagar $20 euros para um cara e ele te levar de pub em pub da cidade com direito a drinks em cada pub. No início achei que seria bem morno, mas ao menos estava me divertindo junto com meus amigos. Depois de visitar uns 4 pubs, eu não lembrava nem mais o meu nome. Ah, Mr. Dan! 

As três marias que fui encontrar em Amsterdam

O slogan da festa era “uma noite que você não lembrará, mas nunca vai esquecer”, e foi isso mesmo! Não sei se foi o cheiro de maconha que entrou no meu corpo inocente, sic, ou se foram os shots de alguma coisa que não sei o que era as cervejas, mas quando me dei conta estava na rua, sozinho e morrendo de frio. Não sabia como voltar pro hotel e nem atinei a dar meia volta e entrar no pub novamente. Pedia informação e ninguém me ajudava, também pudera, com o frio eu peguei a camiseta que eles me deram, enrolei na cabeça e amarrei com a minha manta deixando só os olhos de fora. Um terrorista!

Depois de caminhar por horas, achei a estação do trem que levava até o hotel, dormi na estação, dormi no trem, dormi na banheira do hotel, acordei, trabalhei no vôo e cheguei bem em casa. De quebra ainda saí com a galera aqui em Dubai para celebrar o natal. Diz aí que não tenho energia!

Óh a foto com a galerinha aqui em Dubai na chegada! Tem como não amar essa vida?

Trackbacks and Pingbacks:

  1. Moulin Rouge em Amsterdam | Dan Rodrigues - Março 27, 2012

    […] A minha amiga Vanessa está sendo minha companheira de férias. Chegamos em Amsterdam juntos, embora ela tenha vindo do Brasil e eu de Dubai. Nas primeiras horas, passeamos, fomos ao museu do Van Gogh que na última vez eu fui a Amsterdam eu não tinha entrado, lembram? […]

Deixa um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s