Viver ou clicar?

25/03/2014 — 3 comentários

Há dois anos atrás eu fui ao show da Madonna em Abu Dhabi e uma coisa me tirou do sério. Um rapaz alemão de quase 2 metros de altura com um iPad na mão. Ele estava filmando todo o show. O problema que, além de ele ser muito alto, ele ficou com os braços levantados durante as 2h do show, a intenção era gravar o show inteiro. Não podia ser uma câmera, tinha que ser um iPad. Talvez para simplificar o compartilhamento nas redes sociais. Ontem, essa cena se repetiu, porém numa proporção maior. Durante o show da Beyoncé em Dublin, as pessoas não olhavam ao show normalmente, a maioria olhava através do display da câmera ou do iphone. Tirei esta foto abaixo para registrar.

beyonce cameras

Agora você pode falar, mas você também levou uma câmera. Sim! Mas eu tirei meia dúzia de fotos e fiz uns vídeos de 5 segundos só pra registrar que estive lá. O que me refiro são aquelas pessoas que filmam as duas horas de show. Eu me perguntou, por que não compram o DVD?

Durante o show, a Beyoncé desceu do palco, pegou na mão de alguns fãs. Um deles ela ficou uns 4 segundos segurando a mão dela, o menino ficou desesperado tentando ligar a câmera do celular, todo atrapalhado com uma mão só, enquanto ela segurava a outra, quase derrubou o celular e quando finalmente conseguiu ligar o celular, ela tinha ido embora. Ele nem olhou na cara dela! Cheguei a sentir uma mistura de raiva e pena. Ele tocou na mão da artista que ele tanto ama e não a viu.

É uma coisa tão irritante, pois demonstra aquela obsessão de registrar todos os momentos e não se vive mais. Alguns teóricos dizem que é o medo de esquecer das coisas, outros dizem que é registrar para esquecer, para não ficar guardando tanta coisa na cabeça. Eu já diria que é um exagero de exibição nas redes sociais. As pessoas não comem uma fatia de bolo sem tirar uma foto.

Olha quem está falando! Eu que sempre tiro foto de tudo e filmo tudo. Eu me vejo nessas situações as vezes, e também acho que eu deveria me impor mais limites, e estou me impondo.

Essa semana as rodas do avião explodiram, o avião parou deste jeito, evacuaram e ao invés da pessoa sair correndo, ela tira um selfie. Oi?!

photobomb

Eu posto muita coisa nas redes sociais, vídeos e fotos, não nego. Embora hoje em dia estou muito mais reservado. Talvez seja a reflexão que faço em cima do comportamento das pessoas que vejo por este mundo afora.

fotografar-para-esquecer

Existe tempo pra tudo! Há o tempo de registrar e o tempo de viver o momento. Existe a hora de apreciar o quadro da Mona Lisa por alguns segundos, e outro momento de ir até o Google e baixar a imagem do quadro, pois no final das contas, o que você vai fazer com uma foto da Mona Lisa super mal batida? Ou vídeo do show da Beyoncé todo mal gravado e o som estourado.

Há um limite! Eu ultrapasso, você ultrapassa… o problema é (não) viver em função disso.

 

3 responses to Viver ou clicar?

  1. 

    So vdd’s… “Eu ja diria q é um exagero de exibiçao nas redes sociais. As pessoas ñ comem uma fatia de bolo sem tirar uma foto.” #fato Vejo essa cena tds os dias… Isso me fez lembrar uma frase q o Christian Pior disse: “postar o pao c/ ovo ngm qr, ne!?” kkkkk risos a parte… Axo q a tecnologia esta fazendo mtas pessoas perderem a noçao, c/ tantas informaçoes, novidades, sabe. Estamos vivendo um momento de “ter” para “ser”. Hj vc vai em algum restaurante, por ex., e as pessoas ñ conversam c/ qm esta na mesa c/ ela, estao grudadas nos seus smartphones, tablets, iphone, iisso, iaquilo… Mas com certeza, o-b-v-i-o, vao postar seu prato no insta! -_- E fala serio, hein. Pagar caro num ingresso, pra poder ver seu idolo de pertinho, e gravar o show inteiro, atrapalhando qm esta ali afim de curtir aquele momento, é ser mto irritante, affee!!!!! Deve da uma raiva, uma vontade de quebrar tdo…!! Eu senti isso so de ler. rss 😛 “Ha o tempo de registrar e o tempo de viver o momento.” Sem mais! :))

  2. 

    Concordo com vc. As pessoas estão alucinadas em tirar fotos e postar nas redes sociais e na verdade não vivem e nem aproveitam o lugar, o momento que estao passando, visitando. Não nego que também tiro fotos, filmo, compartilho nas redes sociais, mas como vc falou, precisamos ter um limite.
    Parabéns pelo texto!
    Abraços

  3. 

    Tem um povo muito doido mesmo. Olha o video dessa loca, fazendo selfie enquanto evacuava o avião… É bem isso mesmo: ou vive ou filma!

Deixa um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s